Você está em › InícioBibliotecaNutriçãoDieta ideal?

Dieta ideal?

"A dieta ideal não existe" (Fernando Póvoas, 2007). As dietas milagrosas visam uma perda rápida de peso, à custa de grande sacrificio e são na maioria das vezes desequilibradas nutricionalmente. Para além disso não "educam o obeso" o que faz com que ao terminar a dieta, retome os hábitos alimentares que tinha antes e que recupere a curto prazo o peso que possuia antes de seguir a referida dieta. É preferivel manter uns kilos a mais do que fazer estas dietas e recuperar o peso logo a seguir, pois este efeito iô-iô, vai fazer com que a pele perca elasticidade, fique flácida e a parte muscular fique tambem afectada.

Acreditamos que não há alimentos proibidos, e que pode comer tudo, desde hidratos de carbono a gorduras, proteínas, vitaminas, sais minerais e fibras. Há é depois uma organização e um planeamento a fazer. O Dr. Fernando Póvoas, tem uma estratégia com os seus utentes que é "Domingo é Domingo, o Domingo é seu, e os restantes dias são meus". Quer isto dizer que uma vez por semana podem sair fora do plano alimentar estabelecido, o que psicologicamente tem efeitos positivos, pois sendo permitido, muitas vezes a pessoa não chega sequer a fazê-lo. 

Evite medir o seu peso. Controle o emagrecimento pela roupa.

 Alguns principios a serem respeitados:

1. Fazer no mínimo 3 a 5 refeições por dia;

2. Beber no mínimo 1,5 L de água por dia;

3. Evitar bebidas alcoólicas e refrigerantes;

4. Cozinhar sem gorduras;

5. Evitar fritos;

6. Limitar ao máximo as gorduras e os açucares;

7. Limitar ao máximo as gorduras e os açucares;

8. Pesar-se uma vez por semana;

 

Alimentos aconselháveis:

1. Leite magro;

2. Iogurtes naturais sem açucar;

3. Queijo fresco com 0% de gordura;

4. Legumes frescos ou congelados;

5. Peixe: pescada, dourada, robalo, salmão, linguado, bacalhau, etc.;

6. Café e chá sem açucar;

7. Certas frutas como melancia, melão, pêra, maçã, laranja, tangerina, kiwi;

8. Sopa de legumes com pouca batata e cenoura: de espinafres, agriões, nabiças, alho francês, feijão verde, rúcola, tomate, couve lombarda, etc.;

Alimentos permitidos:

1. Carne magra: vaca, frango, peru, avestruz;

2. Conserva natural, patê (atum ou sardinha);

3. Charcutaria (sem gordura, muito esporadicamente): presunto, paio, fiambre, salsicha fresca, morcela de sangue;

4. Iogurtes magros;

5. 2 a 3 ovos por semana, se possível evitando a gema;

6. 1 pão por dia, de preferência integral ou de mistura;

7. Batatas, massa ou arroz como acompanhamento, mas apenas numa das refeiçoes do dia. De preferência integral;

8. Queijos com menos de 25% de gordura;

9. Adoçante: até 10 pastilhas por dia;

10. Condimentos:azeite, vinagre, sal, caril, gengibre, pimenta, alho, salsa, coentros, ervas aromáticas, azeitonas (até 4 por dia), óleo de girassol, de milho ou Becel;

11. Vinho tinto maduro ou branco maduro seco (um copo esporadicamente), champanhe (em dias de festa).

Alimentos desaconselháveis:

1. Leite gordo;

2. Produtos lácteos gordos e açucarados (iogurtes gordos, leite condensado, natas);

3. Queijos gordos;

4. Carne gorda como pato, ganso, cabrito, ovelha, etc.;

5. Enchidos, alheiras, farinheiras;

6. Fritos com farinha, pão ralado, massa  de pastel ou de rissol, massa folhada;

7. Conservas embebidas em gordura;

8. Fígado, patê de fígado;

9. Ostras, lagostins, caranguejo, delicias do mar;

10. Frutos secos e enlatados;

11. Álcool: vinhos doces (vinho do Porto, da Madeira ou Martini), vinhos Rosé, vinho Verde, Cerveja (mesmo sem álcool), whisky, aguardente, licores, etc.;

12. Refrigerantes (mesmo os light);

13. Doces (bolachas, gelados, chocolates, pastés, etc.).

(in "O prazer de emagrecer" de Fernando Póvoas)

 

‹ Consulte outros artigos disponiveis na nossa biblioteca
  

Clique para falar no chat geral
Caso o PT esteja offline, envie-nos um email para info@slife.pt